AFINAL QUEM DEFENDE OS RIOS PORTUGUESES?!

1 Mar 2020

Já estamos habituados a que o Estado português ignore os recorrentes casos de grave poluição nos nossos rios e que protele a urgente revisão da Convenção de Albufeira, assinada há quase vinte e dois anos!

Desta feita, e depois de, já em 2014, a Sociedade Galega de História Natural ter alertado para a má gestão dos resíduos orgânicos das quintas industriais, ressurgem os alertas acerca do despejo descontrolado de resíduos das produções industriais agro-pecuárias, especialmente suínas, que proliferam na Galiza, tendo já as próprias autoridades espanholas admitido a “exportação” para Portugal deste tipo de resíduos poluentes.

Resta agora saber se o Governo português ignorará também este caso, deixando a protecção do Rio Lima e seus afluentes dependente da boa vontade espanhola, ou se, pelo contrário vai assumir uma posição e, finalmente, monitorizar de forma transparente as descargas nos nossos rios.

Tendo em conta as consequências já assumidas pelo Ministério de Transição Ecológica de Espanha, parece que afinal do lado de lá da fronteira, trocaram os bons ventos e bons casamentos pelos detritos da exploração agro-pecuária intensiva!… resta saber até quanto…

Deixar um comentário